Home » Ano letivo » Um olhar pelo Concelho de Ansião

Um olhar pelo Concelho de Ansião

“Um olhar pelo Concelho de Ansião” em Autocarro, com guia da Câmara Municipal de Ansião.

Os docentes do AEA iniciaram as atividades deste ano letivo com uma aula sobre o património histórico, geográfico, religioso, económico e social do nosso concelho, em que se inverteu a posição de quem ensina para quem tem de fazer uma aprendizagem e atualização constante do saber.
A modalidade desta lição foi uma visita guiada por dois elementos da equipa de Turismo de Ansião, Cláudia Santos e Anabela Correia que de forma muito simpática eloquente e com uma muito boa capacidade de comunicação conduziram o grupo por uma viagem a alguns dos locais mais emblemáticos deste concelho.
Com saída de Ansião o grupo dirigiu-se a Santiago da Guarda para visitar o Complexo Monumental, um dos emblemas históricos do concelho considerado monumento nacional desde 1978, tendo aí permanecido durante cerca de uma hora para percorrer todos os espaços deste complexo em visita guiada.
O passeio continuou em direção à freguesia de Pousaflores apreciando a paisagem de montes e vales destas Terras de Sicó, cruzando-nos com os caminhos de Santiago. Passando pelo parque Ecológico de Algarinho, espaço que integra a maior mancha de carvalho cerquinho da Europa e algumas oliveiras milenares, fomos subindo a Serra do Anjo da Guarda, um dos locais onde se relembra a existência de muitos moinhos de vento, marcos do sustento da população graças à grande produção de cereais destas terras em outros tempos. A tarde estava propícia para se vislumbrar a vasta e repousante paisagem a partir do miradouro do Anjo da Guarda, respirando verdadeiro ar puro apenas impregnado com aromas como o da erva de Santa Maria. Não é a altura do ano indicada para apreciar outros elementos da flora desta serra, como as bonitas orquídeas selvagens, mas ficou o apetite de lá voltar.
Iniciou-se a descida da Serra, passando pela sede de freguesia de Pousaflores onde a guia Cláudia Santos lembrou a lenda da Princesa Flor associada ao nome da aldeia que foi em tempos uma das designadas “Cinco Vilas”. Seguimos com destino às planícies de Chão de Couce, terra de antigas batalhas e onde persistem algumas casas senhoriais como a Quinta de Cima. Não foi possível apreciar o legado que o mestre José Malhoa deixou na Igreja matriz, no entanto, ficou a indicação do local para quem quiser fazer as atividades de consolidação desta aula.
Para avaliar o desenvolvimento económico passámos pelo parque empresarial do Camporês e no final da viagem ainda houve tempo para uma intervenção da Srª Diretora dirigindo a todos os votos de uma bom ano de trabalho reafirmando as potencialidades deste concelho, nomeadamente geográficas, bem como as características simpáticas e acolhedoras das suas gentes. Agradeceu o empenho das guias turísticas e a gentileza do Município que proporcionou aos novos docentes e também aos da casa este olhar pelo concelho. Todos partilhamos do pensamento de Sir Arthur Lewis: ”Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido”.

8 de Setembro de 2017

Paula Simões Cotrim

Check Also

Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória

“Após submissão a debate e discussão pública, com ampla participação, o Perfil dos Alunos à …

Dia do diploma

Ementas

    NOTA: as ementas podem ser alteradas por motivos devidamente justificados no caderno de …